ORTOCURSO DE JUNHO ABORDA ESPECIALIDADE OMBRO E COTOVELO

Edição, que foi realizada no último sábado, 09, contou com participação especial do Dr. Mauricio Raffaelli, do Instituto do Ombro e Cotovelo – NÆON, de São Paulo.

No último sábado (09) foi realizado o terceiro Ortocurso de 2018 na sede da SBOT-RJ, em Botafogo. Com foco em ombro e cotovelo, esta edição contou com a participação do convidado especial, o Dr. Mauricio Raffaelli, do Instituto do Ombro e Cotovelo – NÆON, de São Paulo.

Para Dr. Raffaelli os Ortocursos não são um preparatório apenas para o TEOT, mas sim para a vida que os residentes irão encontrar no mundo da Ortopedia, pelo leque de oportunidades e pela integração entre os profissionais que o curso oferece. “Ser ouvido e poder ouvir nossos colegas de profissão é algo enriquecedor. Essa integração entre ortopedistas é o que faz a ortopedia do nosso país crescer”, finalizou agradecendo o convite da SBOT-RJ.

O encontro foi inaugurado pelo Dr. Marcelo Bragança, presidente da Comissão de Ensino e Treinamento (CET) da SBOT-RJ, que destacou que os Ortocursos, simulados e incentivos oferecidos pela CET visam complementar a formação do médico residente e prepará-los para o TEOT. Ele aproveitou, também, para comunicar uma novidade sobre os gabaritos das provas, que a partir do Ortocurso de Julho estarão disponíveis no site da SBOT-RJ meia hora após a realização das mesmas.

Na parte da manhã, turno dedicado aos Residentes do terceiro ano (R3), os especialistas abordaram temas como artroplastia do ombro, luxação acromioclavicular e tendinite calcárea, entre outros. Ainda fez parte do cronograma uma discussão em grupo de caso de tríade terrível do cotovelo e dois workshops: placa bloqueada proximal do úmero e haste intramedular do úmero.

O residente João Cosmo, que é natural de São Luis (MA) e que atualmente mora em Muriaé (MG), onde faz residência médica na Casa de Caridade do município, começou a frequentar os Ortocursos da SBOT-RJ este ano. Uma vez ao mês ele faz a viagem de Minas para o Rio e afirmou que faz com muita empolgação, já que os cursos tem sido de grande importância para sua formação. Ele destacou os workshops como um dos pontos altos do curso. “Eu vejo os workshops como algo muito enriquecedor, pois temos a oportunidade de conhecer novos modelos de próteses, que são utilizadas atualmente e como empregá-las. Isso contribui para estarmos sempre atualizados com as novidades do mundo ortopédico.”, declarou, enfatizando que esse módulo do Ortocurso, em particular, foi de grande importância para ele, já que Ombro e Cotovelo está entre uma de suas opções de especialização.

Já o carioca Douglas dos Reis Rivas que faz residência médica no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ) – Hospital do Fundão, pontuou que os Ortocursos tem ajudado a pautar o cronograma de estudos no HUCFF . “A sessão clínica do Fundão é realizada de acordo com o cronograma dos Ortocursos da SBOT-RJ. Ou seja, com a programação em mãos, começamos a estudar o conteúdo do Ortocurso seguinte com ao menos um mês de antecedência. Assim, no dia do encontro as palestras contribuem para ajudar a fixar o que discutimos nesse período. Sem falar nas provas que são aplicadas, como são semelhantes as do TEOT nos ajuda a ir praticando, para que nos sintamos mais confiantes”, disse.

Á tarde, assuntos como semiologia do ombro e do cotovelo, epicondilites e fatura proximal do úmero foram os temas apresentados para os Residentes do primeiro e segundo ano (R1 e R2). Entre os alunos estava Rosa Aurilio Matos, do Hospital Central do Exército (HCE), que comentou sobre a importância dos Ortocursos da SBOT-RJ em sua visão. “Nos auxilia a planejar cronograma de estudos e nos apresenta para técnicas que ainda não conhecíamos, ampliando assim a nossa gama de conhecimentos.”, disse.

O próximo Ortocurso será realizado no dia 07 de julho, no horário das 8h às 17h na sede Da SBOT-RJ, em Botafogo. Esse módulo será focado em mão e punho e contará com quatro bancadas e dois workshops. O convidado especial dessa edição será o Dr. Carlos Henrique Fernandes. As inscrições e programação já estão disponíveis no site da SBOT-RJ.